Weby shortcut

Normas Técnicas_Anexo E

Por Arthur Henrique guimarães. Criada em 23/12/11 00:01. Atualizada em 13/06/12 13:51.

Anexo E - Resumo da norma ANSI/TIA/EIA 568-B
(RETIRADO DO CATÁLOGO FCS - FURUKAWA CABLING SYSTEM)

      O documento ANSI/TIA/EIA 568-B substituiu, em 2001, o ANSI/TIA/EIA 568-A, como o "Padrão de Cabeamento de Telecomunicações em Edifícios Comerciais". Os adendos 1 até 5 do documento 568-A e todos os TSBs ( Technical Systems Bulletins 62, 67, 72,75 e 95 ), foram incorporados no padrão 568-B.

     O novo documento é dividido em três seções:

- B.1 - "Comercial Building Telecommunications Cabling Standard"
- B.2 - "Balanced Twisted Pair Cabling Components"
- B.3 - "Optical Fiber Cabling Components Standard"

ANSI/TIA/EIA 568-B – B.1

      Este padrão incorpora e remodela o conteúdo técnico dos seguintes documentos:

- TIA/EIA TSB 67 – Transmission Performance Specifications for Field Testing of Unshielded Twisted Pair Cabling Systems
- TIA/EIA TSB 72 – Centralized Optical Fiber Cabling
- TIA/EIA TSB 75 – Additional Horizontal Cabling Practices for Open Offices
- TIA/EIA TSB 95 – Additional Transmission Performance Guidelines for 4-Pair 100 Ohms Category 5 Cabling
- ANSI/TIA/EIA 568-A-1 – Propagation Delay and Delay Skew Specifications for 100 Ohms 4 Pair Cable
- ANSI/TIA/EIA-568-A-2 – Corrections and Additions to TIA/EIA-568-A
- ANSI/TIA/EIA-568-A-3 - Performance Specifications for Hybrid Cables
- ANSI/TIA/EIA-568-A-4 – Production Modular Cord NEXT Loss Test Method and Requirements for Unshielded Twisted Pair Cabling
- ANSI/TIA/EIA-568-A-5 – Transmission PerformanceSpecifications for 4 Pair 100 Ohms Category 5e Cabling
- TIA/EIA/IS-729 – Technical Specifications for 100 Ohms Screened Twisted Pair Cabling

CABEAMENTO BACKBONE

      Os meios de transmissão reconhecidos são:

- Cabo par trançado sem blindagem, 4 pares 100 Ohms UTP
- Cabo óptico Multimodo 50/125 um ou 62,5/125 um
- Cabo óptico Monomodo

CABEAMENTO HORIZONTAL

     Os meios de transmissão reconhecidos são:

- Cabo par trançado sem blindagem, 4 pares 100 Ohms UTP ou SC/TP (Screened Twisted Pair)
- Cabo óptico Multimodo de 2 fibras 50/125 um ou 62,5/125 um
- Cabo par trançado blindado 2 pares 150 Ohms (STP-A), que não é recomendado para novas instalações

ÁREA DE TRABALHO

     No mínimo duas tomadas / conectores de telecomunicações são necessárias por área de trabalho:

Primeira Tomada (obrigatório):

- Cabo par trançado sem blindagem (UTP) 4 pares 100 Ohms ou SC/TP e conector Categoria 5e associado

Segunda Tomada:

- Cabo par trançado sem blindagem(UTP) 4 pares 100 Ohms ou SC/TP e conector Categoria 5e associado.

- Cabo de 2 fibras ópticas 62,5/125 um e/ou 50/125 um e conectores ópticos (recomendado o SC ou os SFF – Small Form Factor).

- Cabo STP-A 150 Ohms e conector (não recomendado paranovas instalações).

- É permitido um ponto de transição ou consolidação.

- Componentes como bridges, taps e splices não são permitidos para soluções em UTP.

- Tomadas adicionais são permitidas, desde que igualem ou excedam o mínimo de performanceexigido.

- Cordões de equipamentos devem ter a mesma performance dos patch cords.


ANSI/TIA/EIA 568-B – B.2

BALANCED TWISTED PAIR CABLING COMPONENTS

      Inclui os requisitos de melhoria de performance para cabos UTP e correspondente conexão de hardware e conectores fêmea categorias 3. 5e e 6.

     Os testes devem ser efetuados no cabo horizontal, na conexão de hardware e nos cordões de manobra, na faixa de freqüência de 1 a 250 MHz.

      As características a serem testadas são as seguintes :

- PERDA DE INSERÇÃO
- PERDA DE RETORNO
- NEXT
- PARADIAFONIA CATEGORIA 6 (apenas para os cordões de manobra)

      Os requisitos das Categorias 3 e 5e são aprovados pela ANSI/TIA/EIA 568-A e os requisitos da Categoria 6 são valores propostos em drafts contidos em adendos.

PARÂMETROS DE DESEMPENHO DE TRANSMISSÃO

(*) Somente se o canal/enlace seguir os critérios de uma performance de transmissão especificada pelo TSB-95

PARÂMETROS DE DESEMPENHO DE TRANSMISSÃO PARA CATEGORIAS

NÃO-PADRONIZADAS

 

ANSI/TIA/EIA 568-B – B.3

OPTICAL FIBER CABLING COMPONENTS STANDARD

      Este padrão inclui requisitos de transmissão de cabos e componentes de fibras ópticas:

- Performance de Conectores Ópticos Multimodo e Monomodo:

      A perda de inserção máxima para todos os tipos de conector é 0,75 dB. A perda de retorno máxima é – 20 dB para cabos multimodo e – 26 dB para cabos monomodo.

- Raio de Curvatura Mínimo e Força de Tensionamento

     Os cabos de 2 e 4 fibras utilizados para cabeamento horizontal devem suportar raio de curvatura de 25 mm (1”) sob nenhuma condição de carga.

     Os cabos de 2 e 4 fibras para serem lançados através do caminho horizontal durante a instalação devem suportar raio de curvatura de 50 mm (2”) sob tração de 222 N (50 lbf).

    Todas as outras fibras internas devem suportar um raio de curvatura de 10 vezes o diâmetro externo do cabo sob nenhuma condiçãode carga e 15 vezeso diâmetro externo sob uma tensão de carga no cabo até o limite avaliado.

     Cabos para instalação externa devem suportar raio de curvatura de 10 vezes o diâmetro do cabo sob nenhuma condição de carga e 20 vezes o diâmetro externo quando setrata de tensãode carga no cabo até o limite avaliado.

     Cabos para instalação externa devem atender um mínimo de 2670 N de força de tensão.

- Conectores 568SC:

    A posição das 2 fibras no conector e adaptador 568 SC devem ser referenciadas como posição A e posição B.

     O conector e adaptador Multimodo deve ser bege

     O conector e adaptador Monomodo deve ser azul

- Conectores SFF (Small Form Factor)

     Pode ser usado em cross connect horizontal intermediário e principal, pontos de consolidação e áreas de trabalho.

Para fazer comentários ou sugestões a respeito desta norma envie um e-mail para .

 

 

Fonte da Norma: Centro de Computação Eletrônica da Universidade de São Paulo (CCE-USP)

Listar Todas Voltar